3 Etapas Para Gerenciar o Estresse no Trabalho

O trabalho remoto estressa muitos profissionais. Se você é um líder, é importante reconhecer que a situação de todos é única, e as diferentes horas de trabalho a partir de casa estão criando uma cultura “sempre ativa”.

Alguns profissionais desfrutam de um tempo livre, já outros começam a trabalhar assim que abrem o olho até o horário que vão dormir.

É por isso, que deve considerar estratégias para gerenciar o seu estresse, e você pode fazer isso de maneira simples, que é simplificando a comunicação.

As constantes exigências de comunicação de nossos empregos podem nos prender em um estado de ocupados, mas improdutivos. Trabalhar dessa maneira por muito tempo torna-se desmoralizante e estressante.

A comunicação ineficiente contribui para duas das principais causas de burnout: carga de trabalho incontrolável e pressão de tempo irracional.

Mesmo que você se sinta muito atrasado em algumas funções do seu trabalho trabalho, você pode começar a definir novos limites que ajudarão a reduzir seu estresse e aumentar sua produtividade.

1. Obter e-mail sob controle

e-mail

E-mail enfatiza a maioria de nós, e com uma boa razão. Chega a nós o tempo todo, não importa a nossa localização, e mesmo quando estamos de férias.

O e-mail nos interrompe quando estamos tentando fazer outro trabalho. E isso pode desenvolver ansiedade, pois sentimos que estamos perdendo algo importante, se não checarmos nossa caixa de entrada constantemente.

Mas você não precisa estar à disposição das notificações por e-mail. Essas estratégias para gerenciar e-mails de forma mais intencional irão facilitar o estresse no trabalho:

  • Livre-se do segundo monitor em sua mesa, a menos que você realmente precise para realizar uma tarefa, por exemplo, se você for um designer ou programador. Muitas vezes, um segundo monitor nos mantém distraídos com nossa caixa de entrada o dia todo;
  • Adicione uma linha em sua assinatura de e-mail que defina expectativas sobre o tempo de resposta. Por exemplo: “Eu verifico e-mails apenas periodicamente ao longo do dia. Para comunicações urgentes ou ligue para mim.” Isso pode ajudá-lo a se sentir confortável ao verificar o e-mail com menos frequência;
  • Incentive os líderes de sua organização a estabelecer uma política de e-mail que ofereça suporte à produtividade e reduza o estresse. Essa política pode incluir diretrizes como não enviar e-mails fora do horário.

2. Gerencie reuniões com mais eficiência

reuniões

Estamos lidando com mais reuniões e elas estão ficando mais longas — especialmente com mais pessoas trabalhando remotamente. E tentar espremer o resto do seu trabalho nas reuniões é estressante.

No entanto, é possível participar de menos reuniões e tornar as que você tem que participar mais eficiente. Aqui estão algumas ideias para experimentar:

  • Quando você convoca uma reunião, certifique-se de que ela tem um objetivo claro e que uma reunião realmente é a melhor maneira de atingir esse objetivo. Por exemplo, para coletar opiniões, você pode criar uma pequena pesquisa com o Google Forms em vez de agendar uma reunião;
  • Antes de decidir participar de uma reunião, pergunte ao organizador sobre o resultado desejado, a agenda e o que você deve contribuir. Se o organizador não puder responder a essas perguntas, isso é uma bandeira vermelha de que esta reunião não vai ser produtiva e que talvez seu tempo seria melhor gasto realizando as tarefas;
  • Se você não puder contribuir com os objetivos da reunião, ou se estiver sendo convidado apenas para informações, opte por sair e informe ao organizador quem pode contribuir com o que precisa.

3. Saber quando limitar a comunicação

limitar comunicação

Para que possa realizar suas tarefas dentro do prazo e para evitar um pouco do estresse, procure limitar algumas comunicações, isso faz com que você gerencie melhor sua atenção.

Mas isso não significa que deve ficar isolado ou não falar com mais ninguém, mas sim, gerenciar melhor as expectativas.

Porém, tudo isso depende do seu papel dentro da empresa e o seu local de trabalho. Mas as ideias podem servir como ponto de partida:

  • Quando estiver fazendo algo que requer foco profundo, veja se consegue trabalhar em outro lugar. Se isso não for possível, use um sinal de “não perturbe”;
  • Silencie notificações em todos os seus dispositivos enquanto você está fazendo um trabalho focado. Tente intervalos de 25 a 75 minutos, depois faça uma pausa. Antes de iniciar outro intervalo, verifique os canais de comunicação;
  • Garanta que todos os seus trabalhos estejam de acordo com a sua agenda, caso colocarem mais compromissos do que você daria conta, avise que está indisponível. Pois, quanto mais trabalhos bem feitos você fizer e colocar toda a sua dedicação nele, melhor será e ainda diminuirá o seu stress.

Muitos deles são componentes da gestão da atenção, que acredito ser o novo e mais relevante caminho para a produtividade e viver uma vida de escolha, em vez de uma vida de reação e distração.

A ideia de estabelecer novos limites em torno de como você se comunica pode parecer desconfortável no início, especialmente se estiver acostumado a ser altamente responsivo.

Mas essas estratégias para gerenciar o estresse no trabalho provavelmente serão mais fáceis de implementar do que você está imaginando.

E eles podem fornecer resultados rapidamente, tanto em sua produtividade quanto em seus níveis de estresse.

About The Author

Reply